Conheça a Certificação Especialista em Excel. Aprenda e se Especialize no Excel Com Apenas 5 Minutos por Dia

ÍNDICE e CORRESP do Excel: como combinar as duas funções

ÍNDICE E CORRESP

As funções ÍNDICE e CORRESP do Excel podem ser combinadas de forma eficaz. Quer saber como? Veja a seguir.

Essas duas funções ÍNDICE e CORRESP combinadas são uma alternativa bem eficiente ao uso da função PROCV.

A função PROCV é uma função excelente, só que ela possui uma limitação: ela só consegue retornar dados que estão à direita da coluna de referência.

Se você não sabe utilizar a função PROCV eu gravei um vídeo que mostra a utilização da função PROCV,

Em contraste, a função CORRESP combinada com a função ÍNDICE transpõe essa limitação da função PROCV.

FUNÇÃO CORRESP

Iniciando o exemplo de uso com a função CORRESP, aqui na célula G10, a gente escreve a nossa função.

 

O primeiro argumento dela pede o VALOR_PROCURADO, vamos colocar a célula F10, que vai ser a célula que vai receber esse valor procurado, que vamos inserir posteriormente.

 

Ponto e vírgula para o próximo argumento, e a gente vai para a MATRIZ_PROCURADA, que nada mais é que o intervalo onde a gente vai procurar essa informação.

Selecionei a coluna, que é a coluna B, ponto e vírgula.

E agora a gente vai para o TIPO_CORRESPONDÊNCIA , eu vou colocar falso para uma correspondência exata e verdadeiro para uma correspondência aproximada.

Como eu quero o retorno da informação exata vou colocar então o argumento FALSO.

Ele dá esse erro porque aqui na célula F10 ainda não coloquei nenhuma informação.

Vamos escolher a Unidade da Federação, Pará (PA), e ele me retorna a linha 25.

A função CORRESP neste caso está retornando a linha onde está o meu dado, o meu argumento.

Se a gente conferir, Pará, contagem das linhas é a 25, está correto.

FUNÇÃO ÍNDICE

Vamos fazer agora a função ÍNDICE. O que ela vai fazer? Ela vai puxar esse endereço da linha da célula e vai retornar qualquer informação com base na coluna que a gente informar como referência.

Ela tem duas formas de combinação de se montar essa função e os seus argumentos.

Nesta postagem vamos ver a somente a primeira forma.

No caso, MATRIZ é a área de tabela que eu quero usar para retornar alguma informação. Neste caso vou utilizar a tabela toda, ou seja, as colunas A e B, ponto e vírgula.

Ele pergunta o número da linha (NÚM_LINHA) onde está o meu dado. Eu já tenho essa informação que foi encontrada aqui pela função CORRESP, e está nessa célula G10.

E o próximo pergunta a coluna. Neste exemplo, na linha 25, na primeira coluna eu tenho a cidade Almeirim e na segunda coluna eu tenho a UF Pará (PA). Se eu quiser retornar a informação da UF, eu vou colocar a coluna 2, se eu quiser retornar a informação da cidade, eu vou digitar a coluna 1, que é o nosso caso.

E ele vai retornar para mim então a cidade que está na linha 25, que é a linha calculada pela função CORRESP.

Aí gente tem então aqui o uso das funções ÍNDICE e CORRESP combinadas.

SIMPLIFICANDO EM UMA CÉLULA

A gente pode simplificar colocando essa fórmula toda em uma única célula.

No caso a função CORRESP está me retornando a linha. Se ela está me retornando a linha, eu vou no argumento, no caso o G10 é o meu argumento do número da linha, e ele é calculado pela função CORRESP. Vou copiar e colar então essa função, substituindo o G10 pela função CORRESP que estava na outra célula.

Dou ENTER e pronto: calculei aqui a minha célula H10.

OK, gente?

Um abraço e até a próxima!

Para ver a versão em vídeo desta postagem, clique abaixo:

Conheça a Certificação Especialista em Excel. Aprenda e se Especialize no Excel Com Apenas 5 Minutos por Dia

...